Gerenciamento de Estoque e Vendas com Excel

SalvarSalvoRemovido 1
Dê um Like ❱❱+7
Dê um Like ❱❱+7

Se você estiver gerenciando o estoque de uma empresa de varejo ou os materiais a serem usados ​​na fabricação, você sabe o quão crítico o gerenciamento de estoque pode ser para otimizar vendas e produtividade. Esse modelo de planilha para controle de estoque e vendas pode ajudá-lo a identificar quando é hora de reordenar o estoque, reduzir o excesso de estoque, acessar informações do fornecedor e localizar itens facilmente no armazenamento. É fácil visualizar todo o ciclo de vida de seu estoque, incluindo itens em pedidos pendentes.

Como gerenciar o estoque com Excel

Uma planilha elaborada para facilitar a vida de pequenos e médios negócios que desejam obter relatórios fáceis e concisos sem a preocupação de pagar caro por isso.

O que eu preciso fazer controlar meu estoque?

É importante avaliar seus negócios regularmente para garantir que você esteja no caminho certo para ter sucesso. Uma das partes mais integrais do seu negócio é o gerenciamento de inventário.

Como o gerenciamento de inventário da sua pequena empresa se desenvolveu? Você já tinha os produtos certos disponíveis quando precisava deles? Você perdeu negócios quando os itens estavam em falta? Ou você perdeu dinheiro devido ao excesso de estoque?

Subir ↑

Técnicas de gerenciamento de inventário e práticas recomendadas para pequenas empresas

Aqui estão algumas das técnicas que muitas pequenas empresas usam para gerenciar o inventário:

Subir ↑

Ajuste sua previsão

A previsão precisa é vital. Seus cálculos de vendas projetadas devem se basear em fatores como números históricos de vendas, tendências de mercado, crescimento previsto e economia. A além disso, não esquecer das promoções, esforços de marketing etc.

Subir ↑

Use a abordagem FIFO / PEPS

FIFO - First In, First Out. já em português PEPS - primeiro a entrar, primeiro a sair. As mercadorias devem ser vendidas na mesma ordem cronológica em que foram compradas ou fabricadas. Isso é especialmente importante para produtos perecíveis, como alimentos, flores e maquiagem.

Um proprietário de alimentos, por exemplo, precisa conhecer os materiais atrás da fabricação e aplicar métodos FIFO para melhorar o inventário dos produtos. Também é uma boa ideia para bens não perecíveis, pois os itens que ficam por muito tempo podem ficar danificados ou desatualizados e não-vendidos.

A melhor maneira de aplicar FIFO em uma despensa ou armazém é adicionar novos itens na parte de trás, para que os produtos mais antigos estejam na frente.

Subir ↑

Identifique material de baixa rotação

Se você possui um estoque que não foi vendido nos últimos 6 a 12 meses, provavelmente é hora de parar de estocar esse item. Você também pode considerar estratégias diferentes para se livrar desse estoque. Por exemplo: criar um desconto ou promoção especial, já que o excesso de estoque desperdiça seu espaço e capital.

Subir ↑

Audite seu estoque

Se você trabalha com um bom software de gerenciamento de inventário, ou uma boa planilha de Excel não importa até mesmo se ainda trabalha sem estas opções, periodicamente você ainda precisa contar seu inventário. Isso vai  garantir que o que você tem em estoque corresponde ao que você pensa que possui.

As empresas usam técnicas diferentes, incluindo um inventário físico anual de final de ano que conta todos os itens e a verificação pontual em andamento, que pode ser mais útil para produtos que estão se movendo rapidamente ou com problemas de estoque.

Subir ↑

Use software ou planilha de gerenciamento de inventário

Procure software com análises de vendas em tempo real. Se você não tem um software; já que eles não são tão baratos; pode usar nossa Planilha de Estoque e Vendas para fazer este controle. Note, que uma planilha pode não atender todas as ocorrências para um gerenciamento de estoque e vendas, mas já é um bom começo, principalmente porque esta planilha de Excel dispõe de vários recursos de gerenciamento e filtros de relatórios.

É imprescindível que baixe a versão grátis para testes. Dessa forma, você estará sabendo exatamente o que vai comprar e pode avaliar custo e benefício.

Subir ↑

Acompanhe seus níveis de estoque em todos os momentos

Tenha um sistema sólido para rastrear seus níveis de estoque, priorizando os produtos mais caros. Um modelo eficaz economiza tempo e dinheiro, fazendo grande parte do trabalho pesado para você.

Subir ↑

Faça reparos preventivos dos equipamentos

Nem sempre as máquinas e equipamentos estão em boas condições de funcionamento. É por isso que é importante gerenciar esses ativos. Uma empilhadeira quebrada pode ser cara. O monitoramento de seu maquinário e de suas peças é crucial para entender seu ciclo de vida, para que você possa estar preparado antes que surjam problemas.

Subir ↑

Esteja atento com o controle de qualidade

Independentemente da sua especialidade, é importante garantir que todos os seus produtos tenham uma ótima aparência e estejam funcionando bem. Pode ser tão simples quanto fazer com que os funcionários façam um exame rápido durante as auditorias de estoque, que inclui uma lista de verificação de sinais de danos e rotulagem correta do produto.

Subir ↑

Contrate um controlador de estoque com experiência

O controle de estoque é usado para mostrar a quantidade de estoque que você tem em um determinado momento e se aplica a todos os itens, de matérias-primas a produtos acabados. Se você tem muito inventário, pode precisar de uma pessoa responsável por ele. Um controlador de estoque processa todos os pedidos, recebe entregas e garante que tudo que chegue corresponda ao que foi pedido.

Subir ↑

Lembre-se do seu ABC

Muitas empresas acham útil ter controles mais rígidos sobre itens de maior valor, agrupando itens de inventário nas categorias A, B e C. Classificar isso, pode ser essencial para o bom desempenho logístico.

Subir ↑

Considere o envio direto

Se sua empresa adotar métodos de envio direto, você poderá vender produtos sem realmente manter o inventário. Em vez disso, um atacadista ou fabricante é responsável por transportar o estoque e enviar os produtos quando um consumidor compra em sua loja. Dessa forma, você não se preocupa com a retenção, armazenamento ou realização de estoque.

Muitos proprietários que iniciam uma loja online adotam métodos de envio direto, mas essa estratégia de atendimento da cadeia de suprimentos pode ser adotada por muitos tipos de negócios em todos os setores.
Os produtos classificados como A - itens caros - compõem a menor porcentagem de estoque e têm o maior valor de consumo anual. Os produtos agrupados na categoria C - os itens mais baratos - compõem a maior porcentagem de estoque e têm o menor valor de consumo anual. Os produtos B estão no meio. O valor do consumo anual é a demanda anual multiplicada pelo custo de um item.

Confira a Planilha de Estoque e Vendas

 


Edivaldo. Louco por funções e fórmulas de Excel, adoro fazer planilhas e compartilhar meus conhecimentos com as pessoas. Seja bem-vindo. Eu amo fazer isso e quero compartilhar com você!

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Logo
Registrar Nova Conta
Redefinir Senha