A importância dos fluxos de caixas positivos

Dentre várias definições similares, o fluxo de caixa é a quantidade de dinheiro que chega a uma empresa e a quantia de dinheiro que sai. É o tráfego de dinheiro dentro e fora de um negócio. É subdividido em entradas e saídas de caixa.

A entrada de dinheiro no caixa refere-se a tudo que entra em um negócio. Dessa forma, pode-se considerar as vendas de mercadorias, oferta de serviços, investimento de fontes externas, consultorias e muito mais. Saída de caixa refere-se ao dinheiro que sai de um negócio. A saída, ao mesmo tempo, pode se pensar na forma pagamentos de encargos, salários, fornecedores e quaisquer outros custos da empresa.

Então, qual é a importância dos fluxos de caixa positivos?

Um negócio que está no topo de seu fluxo de caixa e finanças poderá pagar suas contas em tempo hábil. E isso significa, pagar dentro dentro do período de vencimento. O pagamento de contas em tempo hábil pode; naturalmente; ajudar a construir a confiança com os credores. E como consequência, colocará o negócio em uma posição melhor para créditos futuros.

Muitos métodos de avaliação baseiam-se em fluxos de caixa reais gerados, em vez de números de lucro líquido. Fluxos de caixa são a chave, sob o mesmo ponto de vista. No longo prazo, a falta de fluxos de caixa positivos provavelmente levará à liquidação, ou venda de um negócio.

Entretanto, o lucro nem sempre é igual ao fluxo de caixa. Por outro lado, os fluxos de caixa são a base para a avaliação de investimentos.

Outro fato notório dentro de um negócio é: aumento nas vendas nem sempre significa aumento de lucros. Se uma empresa na qual você deseja investir aumentou suas vendas, isso pode não levar a um aumento nos lucros.

Naturalmente, o fluxo de caixa positivo é o preferido. Fluxo de caixa positivo significa, que sua empresa está funcionando sem problemas. Um fluxo de caixa altamente positivo é ainda melhor e permitirá que você faça novos investimentos. E quais tipos de investimentos? A contratação de funcionários qualificados, abertura de filiais, desenvolvimento de novos negócios, estes são apenas alguns exemplos.

Como o Excel pode me ajudar no controle de fluxo de caixa?

Para realizar uma análise de fluxo de caixa, você pode comparar a demonstração do fluxo de caixa ao longo de vários meses, ou anos. Você também pode usar a análise de fluxo de caixa para preparar uma estimativa, ou planejar fluxos de caixa futuros.

Tudo isso é importante porque o fluxo de caixa é uma questão de tempo. Certifique-se de que você tem dinheiro em mãos quando precisar pagar as despesas, comprar estoque e outros ativos e pagar seus funcionários.

Uma análise de fluxo de caixa não é o mesmo que o orçamento de negócios ou a projeção de lucros e perdas que são baseados na Demonstração de Resultados. No entanto, para um pequeno negócio descomplicado operando principalmente com dinheiro em vez de contas de crédito, pode parecer haver pouca diferença. Este controle, no entanto, pode ser feito em uma planilha mais básica.

Aqui tem um exemplo de planilha de fluxo de caixa, que pode lhe ajudar a fazer controles para um pequeno negócio. Surpreendentemente fácil de usar!

Quando se trata de dinheiro gerado por uma empresa, e para muitos é surpreendente, nem sempre os lucros equivalem aos fluxos de caixa reais. As razões são variadas. Coisas como depreciação, contas a receber e contas a pagar, além de estoques, representam diferenças reais entre lucros e fluxos de caixa.

Outra demonstração de fluxo de caixa em Excel é encontrada para controles e estimativas de caixa. Mas apenas pode ser o ponto inicial de tudo e a medida que seu negócio vai crescendo, novos recursos, obrigatoriamente vão sendo incorporados.



Deixe um comentário

avatar
1000
  Subscribe  
Notify of