Função PGTO do Excel Calcula Pagamentos

Por | | 719 acessos

A função Excel PGTO é uma função financeira que retorna o pagamento periódico de um empréstimo. Você pode usar a função NPER para descobrir os pagamentos de um empréstimo, dado o montante do empréstimo, o número de períodos e a taxa de juros.

Para calcular um valor de pagamento do empréstimo, dada a taxa de juros, o prazo do empréstimo e o montante do empréstimo, você pode usar a função PGTO.

Sintaxe.

PGTO(taxa, nper, va, [vf], [tipo])

A sintaxe da função PGTO tem os seguintes argumentos:

  • Taxa – é a taxa de juros, por período. Argumento obrigatório.
  • Nper – é o número de períodos durante os quais o empréstimo ou investimento deve ser pago. Argumento obrigatório.
  • Pv – é o valor presente, ou o valor total que uma série de pagamentos futuros vale agora; Também conhecido como o principal. Em outras palavras, o montante do empréstimo. Argumento obrigatório.
  • VF – é o valor futuro, ou o saldo desejado após o último pagamento é feito. Se você não incluir um valor para VF , assume-se que é ZERO, ou seja, o valor futuro do empréstimo é ZERO. Este argumento opcional.
  • Tipo – são números 0, ou 1, ZERO significa que os pagamentos são devidos no final de cada período e 1 significa que eles são devidos no início. Este argumento opcional.

Dicas:

O pagamento retornado por PGTO inclui o principal e os juros e não inclui taxas, pagamentos de reserva ou tarifas, às vezes associados a empréstimos.

Certifique-se de que esteja sendo consistente quanto às unidades usadas para especificar taxa e nper. Se fizer pagamentos mensais por um empréstimo de cinco anos com juros de 6% ao ano, utilize 6%/12 para taxa e 4*12 para nper. Se fizer pagamentos anuais para o mesmo empréstimo, use 6% para taxa e 5 para nper.

Para encontrar o total pago no período da anuidade, multiplique o valor PGTO retornado por nper. Os empréstimos possuem quatro componentes principais: o montante, a taxa de juros, o número de pagamentos periódicos e um valor de pagamento por período. Você pode usar a função PGTO para obter o pagamento quando você possui os outros 3 componentes.

A seguir mostraremos alguns exemplos da função PGTO. Copie cada um deles e cole nas células, A1 de cada nova planilha, para fazer os seus testes. Se as funções não funcionarem, selecione as células com as respectivas funções e exclua o apóstrofo, que está antes do sinal de igual, pela barra de fórmulas.

Primeiro Exemplo da Função PGTO:

Pagamento mensal de um empréstimo com termos especificados como argumentos da fórmula: =PGTO(A3/12;A4;A5).

Função PGTO do Microsoft Excel
Dados Descrição
20% A taxa de juros anual
10 Número de meses de pagamentos
 R$ 10.000,00 A quantia do empréstimo
Valor das parcelas Descrição Fórmula Usada
-R$ 1.093,94 Pagamento mensal de um empréstimo com termos especificados como argumentos acima. =PGTO(A3/12;A4;A5)
-R$ 1.093,94 Pagamento mensal de um empréstimo com termos especificados como argumentos acima, com a exceção de que os pagamentos vencem no início do período. =PGTO(A3/12;A4;A5)
Note, que temos aqui dois exemplos de fórmulas

Nota: O Excel, sempre mostra estas fórmulas, com resultados negativos. Existe uma forma de deixar estes resultados das parcelas com valores positivos. Basta diminuir o valor montante.

Em nosso exemplo, a quantia do empréstimo é de R$ 10.000,00 e está na célula A5, então a fórmula ficaria assim: =PGTO(A3/12;A4;-A5) com este formato os valores das parcelas passam a ser positivo, o que melhora visualmente os relatórios nas planilhas.

A planilha poderá se parecer com esta:

Segundo Exemplo da função PGTO:

Neste exemplo, nós vamos mostrar, o valor a ser economizado, para alcançar um montante no final de um período estabelecido. A taxa de juros mensal é de 0,5%, a quantidade de anos, para economizar é de 10 anos e o total a ser alcançado é R$ 100.000,00

Copie a tabela a seguir e cole na célula A1 de uma nova planilha. Utilize a dica acima, para fazer a fórmula funcionar.

Função PGTO do Microsoft Excel
Dados Descrição
0,5% A taxa de juros para rendimento mensal
10 Número de anos de pagamentos
 R$ 100.000,00 A quantia a ser alcançada
Resultado Dinâmico Descrição Fórmula Usada
R$ 610,19 Quantia a ser economizada a cada mês
para obter R$ 100.000,00 no final de 10 anos.
=PGTO(A3;A4*12;0;-A5)

A fórmula usada é: =PGTO(A3;A4*12;0;-A5), porém, se você desejar estabelecer a taxa de juros anual, basta alterar a fórmula dividindo a taxa de jusos por 12. No exemplo acima a fórmula seria: =PGTO(A3/12;A4*12;0;-A5).

Lembrando que, se você deseja usar a taxa anual, você deve estabelecer a taxa anual, substituindo a taxa mensal e alterar a fórmula. Neste exemplo criamos a função para deixar os valores positivos, mas você pode deixá-los como o padrão Excel, que ficam negativos. Basta retirar o sinal de subtração do último critério da fórmula.

Leia também Função TAXA e Função VPL. Todas as funções financeiras.

 

 

Gostaríamos de saber se ficou alguma dúvida sobre: Função PGTO do Excel Calcula Pagamentos. Por favor deixe seu comentário, ou faça sua pergunta.

atualizado em:24/07/2017 Excel

 

Envie um comentário, ou faça uma pergunta:
 

Degite o número que corresponde ao resultado *